Exposição do Instituto Ayrton Senna – 15 anos

agosto 14, 2009 at 2:29 pm 1 comentário

Imagem arquivo blog ArteAção

 

Por Redação blog ArteAção


           Em comemoração aos 15 anos do Instituto Ayrton Senna (IAS), a Casa da Ribeira exibe a exposição IAS-15 anos na sala Petrobras vídeo- arte.

A Exposição mostra um pouco do trabalho do Instituto no Brasil e também aqui no Estado, com o projeto ArteAção. Em entrevista ao site e Blog ArteAção a Coordenadora do Programa “Educação pela Arte” do IAS, Mônica Pellegrini, falou um pouco da metodologia do programa e também da parceria do Instituto com a Casa da Ribeira, confira a entrevista!

Blog ArteAção: Como à senhora vê toda a trajetória do Instituto Ayrton Senna nesses 15 anos de existência?

Mônica Pellegrini: Em entrevistas recentes de Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, sobre a comemoração de nossos 15 anos de atuação ela explica que a criação do Instituto teve como objetivo dar ao maior número possível de crianças brasileiras as oportunidades que Ayrton Senna teve para desenvolver seu potencial e se tornar uma pessoa preparada para a vida. Por isso, o trabalho do Instituto Ayrton Senna é focado em oferecer educação de qualidade. Considerando os resultados que temos alcançado com os Programas desenvolvidos na área de educação formal e de educação complementar,tanto em termos de desempenho dos alunos quanto de abrangência de atendimento, acredito que a trajetória do Instituto tem atingido seu objetivo primordial. Pois, o Instituto tem mostrado na prática que é possível oferecer educação de qualidade em quantidade, ou seja, oferecer educação para muitos sem perder a qualidade.

Blog ArteAção: A UNESCO concedeu ao Instituto a cátedra em educação e desenvolvimento humano, reconhecido como uma referência mundial. A senhora como coordenadora, como avalia este título?

Monica Pellegrini: A UNESCO concedeu a Cátedra Educação e Desenvolvimento Humano ao Instituto Ayrton Senna em reconhecimento ao trabalho desenvolvido em larga escala na formação de gestores e educadores de organizações não-governamentais, escolas e universidades para atuarem com base na Educação para o Desenvolvimento Humano.

O Instituto é a primeira Organização Não-Governamental no mundo a receber essa chancela, normalmente dada a universidades e centros de produção de conhecimento, se tornando assim referência mundial em conhecimentos e práticas efetivas em educação e desenvolvimento humano.

Esse título é muito importante, pois chancelou as formações realizadas pelo Instituto em âmbito internacional.  

Blog ArteAção: O Instituto está presente em várias cidades do país, este era um dos sonhos de Ayrton. Para a senhora este sonho já se realizou? Ou ainda falta atingir boa parte do país?

Mônica Pellegrini: Ayrton Senna sonhava com uma nação menos desigual, formada por crianças e jovens vencedores. Desde que foi criado, em 1994, o Instituto trabalha para realizar esse sonho. Hoje atendemos cerca de 2,2 milhões de crianças por ano e 1,6 mil municípios, quer dizer, mais ou menos um quinto dos municípios brasileiros em todos os Estados. Porém, ainda há muito a ser feito para que a educação brasileira seja oferecida a todos com a qualidade necessária para formar cidadãos aptos a enfrentar os desafios do século XXI.

Blog ArteAção: Dentro dos projetos do Instituto, está presente o projeto Arteação, realizado pela Casa da Ribeira educação & cultura aqui em Natal, qual a sua possível avaliação dessa  parceria, Instituto e Casa da Ribeira?   

Mônica Pellegrini: A parceria do Instituto Ayrton Senna com o Projeto ArteAção, desenvolvido pelo Centro de Educação & Cultura Casa da Ribeira, se dá no âmbito do Programa Educação pela Arte.

Nossa parceria se concretiza por meio da Educação para o Desenvolvimento Humano pela Arte, que pode ser traduzida da seguinte forma: ao abraçarmos a causa do desenvolvimento do potencial de jovens. Ao desenvolver um currículo com centralidade na arte, no caso do ArteAção, nas artes cênicas, para que os jovens possam saber fazer

escolhas (ser); aprender na escola e ao longo da vida (conhecer); fazer a ponte com o novo mundo do trabalho (fazer); crescer com a diversidade e participar (conviver). Ao oferecer oportunidades de fazer artístico e de apreciação artística num contexto multicultural com o objetivo de desenvolver competências pessoais, relacionais, cognitivas e produtivas junto aos jovens.

Além disso, a parceria com o Projeto ArteAção demonstra claramente a soma de esforços por uma mesma causa: do poder público (por meio das

escolas parcerias), das empresas (por meio da aliança com a Cosern) e do 3º setor (por meio do Instituto Ayrton e da Casa da Ribeira educação & cultura). Considerando tanto o âmbito pedagógico, quanto de gestão, nossa parceria tem se dado de forma plena e com ótimos resultados.

 

Imagem arquivo blog ArteAção

 

Imagem arquivo blog ArteAção

 

Imagem arquivo blog ArteAção

 

Imagem arquivo blog ArteAção

 

Imagem arquivo blog ArteAção

 

Imagem arquivo blog ArteAção

 

 

 

 

 

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

ArteAção na TV Vem peça nova por ai

1 Comentário Add your own

  • 1. Dri Viaro  |  agosto 14, 2009 às 5:06 pm

    Passando pra conhecer seu blog, e desejar bom fds
    bjsss

    aguardo sua visita 🙂

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


TOP BLOGS 2010 VOTE NO BLOG ARTEAÇÃO

TOP 2

Twitter Casa da Ribeira

NOSSA REDE

agosto 2009
S T Q Q S S D
« jul   set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

PROJETO ARTEAÇÃO

O projeto ArteAção e um projeto em conjunto do Instituto Ayrton Senna, Casa da Ribeira, COSERN e fundos de Cultura com parceria com as escolas Atheneu e Ulisses de Góis. O projeto elabora com seus alunos oficinas de Interpretação, Cenografia/Figurino, Iluminação e integrando os jovens.

PARCEIROS DO PROJETO – INSTITUTO AYRTON SENNA

Em 1º de maio de 1994 o Brasil perdeu um grande brasileiro e a Fórmula 1 um dos maiores pilotos de todos os tempos. Meses depois do acidente em Ímola, a família de Ayrton Senna iniciou as primeiras providências legais para a criação do Instituto Ayrton Senna. Essa iniciativa veio ao encontro de um sonho do piloto: inconformado com a realidade do país, Ayrton já havia manifestado o desejo de realizar alguma ação concreta para ajudar crianças e jovens - principais vítimas da sociedade desigual - a desenvolverem-se integralmente. Organização não-governamental sem fins lucrativos, o Instituto Ayrton Senna, presidido por Viviane Senna, foi fundado em novembro de 1994. Desde então, sua meta principal tem sido trabalhar para criar oportunidades de desenvolvimento humano a crianças e jovens brasileiros, em cooperação com empresas, governos, prefeituras, escolas, universidade e ONGs. FONTE: INSTITUTO AYRTON SENNA

PARCEIROS DO PROJETO – COSERN

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte - COSERN - tem como objetivo projetar, construir e explorar sistema de produção, transmissão e distribuição de energia elétrica, bem como serviços correlatos. A Empresa vem alcançando níveis de eficiência que a situam como uma das melhores distribuidoras do País, sendo responsável pelo fornecimento de energia elétrica para 100% do território do Estado do Rio Grande do Norte - 167 municípios - atendendo a mais de 800.000 clientes. FONTE:COSERN

A CASA DA RIBEIRA

Testemunha de muitos fatos, o casarão de número 52 da Rua Frei Miguelinho nasceu como uma modesta hospedaria em 1911. Os moradores mais antigos da Ribeira contam que, no primeiro andar, marinheiros, vendedores e boêmios dormiam após fecharem bares pela rua Chile e travessas. Tempos depois, o casarão foi transformado em oficina de navios, sendo posteriormente, por muito tempo, a Padaria Palmeiras, uma das principais panificadoras dos bairros da Ribeira e das Rocas. O prédio também foi uma das primeiras sedes do Armazém Pará, loja especializada no comércio de materiais de construção, tendo sido fechado e desocupado em 1988, quando permaneceu “esquecido” até ser descoberto pelos jovens do Grupo de Teatro Clowns de Shakespere, em 1997. O Grupo de Teatro Clowns de Shakespeare na época sonhava com um lugar onde pudesse montar e apresentar seus espetáculos e tinha ainda o sonho de oferecer aos artistas e ao público potiguar um espaço para temporadas e festivais. Uma Casa, no sentido mais acolhedor da palavra, que tivesse qualidade técnica acima das já encontradas em Natal. Ao encontrar o prédio que, há 10 anos fechado encontrava-se praticamente em ruínas, o sonho do grupo virou um projeto. Com o patrocínio da iniciativa privada, a partir das leis federal e estadual de incentivo à cultura, o grupo começou a desenhar a idéia da Casa da Ribeira, projetada pelo arquiteto Haroldo Maranhão, de maneira a preservar o valor histórico e ao mesmo tempo revelar a intervenção moderna. FONTE: CASA DA RIBEIRA

Prêmio

Prêmio Top Blogs – TOP 100 E TOP 3

Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

Junte-se a 2 outros seguidores

FALE CONOSCO

blogarteacao@gmail.com,* 2009/ 2010 ArteAção todos os direitos reservados Free Page Rank Tool

%d blogueiros gostam disto: